quarta-feira, 15 de julho de 2009

Escrever ou falar.

Ando muito inspirada ultimamente, mas as vezes me escapam as palavras certas para botar no papel, ou melhor, nesta tela de computador.
Sempre tive facilidade para escrever. Talvez porque sempre gostei de ler. Talvez pela genética, já que meu pai e minha irmã também têm esta facilidade. Não sei. No fundo acho que a real razão para isto é que para mim é mais difícil falar certas coisas.
Escrever sempre foi uma válvula de escape. É uma maneira segura de "falar" o que eu penso. Sempre fui muito cuidadosa com as coisas que digo. Aprendi desde cedo que tudo pode ser dito, dependendo do tom. E acho que é por isso que gosto de escrever. Algumas palavras se perdem, mas o que esta escrito esta documentado. A escrita não é um simples impulso. Quando se escreve é preciso pensar antes e se pode revisar depois. É seguro (risos).
Apesar de simplesmente falar ser mais fácil, acredito que grande parte das coisas mais verdadeiras que um dia quis dizer estão escritas. Muitas delas aqui neste blog. Coisas que meu bom senso (lê-se timidez) não deixa passar pelos meus lábios. É como se minha garganta travasse e o filtro que existe entre cérebro e boca - sim, existe! Algumas pessoas não usam, mas existe - fosse muito fino e prendesse qualquer tipo de sentimento que pareça grande demais para ser exposto foneticamente.
Tenho me esforçado para mudar isso. Não sei se vou conseguir, mas...tentar já é um sinal de mudança, certo?

3 comentários:

  1. Oi, muito legal o texto, também passo por isso troco a fala pela escrita, não sei me expressar muito bem com a fala...
    bj

    ResponderExcluir
  2. Certo. Gostei do modo de encarar a palavra escrita. Poético sem pieguice. Falando em pieguice, como as férias voam, não? Já foi metade do recesso! Quero acordar diplomado um dia desses, hehe...

    ResponderExcluir
  3. Continue se expressando da maneira que achares melhor.É válido.

    ResponderExcluir

Escreve aí o que você achou do que eu escrevi....ou escreve o que você não achou...ou escreve o que você quiser...ahhh...escreve aí!